segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Retalhos - O Verdadeiro Romance Gráfico


Retalhos é a obra prima de Craig Thompson, que foi publicada em 2003. A obra é uma autobiografia, com enredo e arte assinados pelo mesmo.

Tudo começa na sua infância passada em uma típica cidade do interior, no estado de Wisconsin, no centro dos Estados Unidos.

Criado por uma família extremamente religiosa e conservadora, sua infância foi marcada por pressões de todos os lados.

Na escola era excluído e humilhado, em casa sofria nas mãos de um pai que lhe agredia e abusava moralmente dele e de seu irmão mais novo, ainda há o abuso sexual, sofrido por ambos, provocados por um adolescente que cuidava deles. Os dois dormiam na mesma cama, obrigados pelo pai.

Na igreja era educado para servir a Deus.

Todos esses elementos misturados culminam em uma devoção religiosa cada vez maior, movida pelo temor. É essa devoção que o faz rejeitar a igreja e questionar o seu futuro planejado por outros.

Guiado por uma vida de sonhos e exclusão de Craig, Retalhos pode ser considerado a HQ mais sincera de todas, isto está presente desde os traços até a forma como Thompson conta sua história, dialogando sempre com a prosa literária, ele mostra todos os sentimentos existentes dentro de um ser humano.

A dúvida de uma fé cega, o medo e repulsa aos pais, juntamente com o amor familiar, a vontade de sair de casa, o primeiro amor, as juras de alguém que sonha em ser feliz e o companheirismo de um irmão.

Retalhos é mais que quadrinho ou literatura, é vida, é real, é a história pura de um ser humano, que passa de uma criança medrosa a um adulto resolvido.

Os traços são limpos e a arte em preto e branco cria uma sensação de leveza, o todo te prende. Entre outros prêmios ganhou: três Harvey (melhor artista, melhor Graphic Novel e melhor cartunista), Dois Eisner (melhor Graphic Novel e melhor escritor/artista) e um prêmio da Associação Francesa de Críticos e Jornalistas de Quadrinhos.

No Brasil saiu pela Companhia das Letras em 2009.

Mais sobre a arte e vida de Craig Thompson, aqui.




 

Um comentário:

  1. Queria muito saber onde poderia baixar traduzido esse livro

    ResponderExcluir